Uma história de visão e empreendedorismo

 

   A história da JM Camarões se inicia há 14 anos, quando o casal de sócios proprietários, Josete Lessa e Merçon Valgas, começaram como produtores em barcos de pesca em Ilhéus. “Logo percebemos o valor de mercado da matéria prima e a necessidade de vender com autonomia o nosso próprio produto”, explicou o sócio proprietário, Merçon Valgas, com experiência na produção de pesca em Itajaí, o maior polo pesqueiro do Brasil, Santa Catarina. “Em 1980 meu pai abriu uma peixaria, e comecei a trabalhar com ele neste ramo quando eu tinha apenas 12 anos nos de idade”, explicou.

   

   De visão empreendedora, o casal de empresários se empenhou a aumentar as vendas em Ilhéus e na Bahia e começaram a conquistar mais consumidores. Em relativamente pouco tempo, a empresa cresceu no segmento de forma gradual, na medida em que se deram o aperfeiçoamento da estrutura, dos processos e modos de produção, cumprimento dos critérios e normas, aumento do atendimento e das áreas de atuação, e, principalmente, com a validação do selo da Inspeção Federal Sanitária, em acompanhamento permanente.

     

     Hoje, a JM Camarões é uma empresa de referência na Bahia e no nordeste. “Nosso diferencial de mercado está na qualidade dos pescados. Desde a prestação de serviços, do consumidor intermediário ao consumidor final, o cliente pode notar e ter certeza que está adquirindo produtos da JM, camarões, peixes e mariscos de primeira qualidade”, afirma a gerente administrativa Joselma Moreira.

 

 

Selo de Qualidade

 

   Os pescados da JM Camarões, em atacado ou varejo, são adquiridos através das colônias regionais de Ilhéus, assim como dos municípios situados entre Una e Valença, na costa litorânea, Sul da Bahia. A matéria prima é adquirida através das embarcações de peixe legalizadas pela Marinha. Toda indústria de pesca que comercializa esse tipo de produto deve respeitar os períodos de entressafras e as épocas autorizadas para pesca e comercialização.

   

   Através da Análise de Perigo e Pontos Críticos de Controle (APPCC), o Serviço de Inspeção Federal (SIF) sanitária é realizado de modo permanente pelo Regime de Inspeção do Ministério da Agricultura, com o acompanhamento de um Técnico Agropecuário na indústria. “A matéria prima é analisada e avaliada desde o recebimento, ao salão de processamento, classificação, congelamento, embalagem, estoque e até o momento de ser expedido”, afirma o Fiscal Federal Técnico Agropecuário na JM Camarões, Amilton Silva. Ele explica que o Programa faz o controle bacteriológico da água, o swbteste, que controla toda a superfície que entra em contato com a matéria prima, como os produtos, a água e as mãos. “A JM Camarões está de parabéns. Todas as análises que já fizemos até agora estão em conformidade. São produtos seguros com inocuidade garantida”, conclui Silva. 

 

   Os produtos são transportados em nossa frota de caminhões frigoríficos conservados em temperatura de -18 ºC, garantindo assim a qualidade do produto da saída do frigorífico até o destino final.